quarta-feira, 06 de fevereiro de 2013 @ postado por Marina Maciel

banho-de-ar-600

Marina Maciel – post publicado no site Planeta Sustentável e no site da revista Superinteressante

No Ano Internacional da Cooperação pela Água, vale chamar atenção para a falta do recurso no mundo. Você sabia que 11% da população mundial ainda não possui acesso à água potável?

Mas isso não acontece porque a população mundial é muito grande e o recurso disponível não é suficiente. Segundo a ONU, se não fosse o desperdício e a poluição, a água potável da Terra conseguiria perfeitamente abastecer todos os lares. A boa notícia é que a gente ainda pode mudar estas atitudes.

Você deve ter visto como está crítica a situação de seca na Austrália (se não, leia Está tão quente na Austrália que não dá para abastecer o carro com gasolina… ela evapora!), então, não vai se surpreender em saber que os australianos estão testando um novo chuveiro econômico – que é bem diferente do tradicional “baixo-fluxo de água” do mercado.

Para não deixar cair o valor do fluxo e da pressão, a tubeira Oxijet puxa ar para dentro da corrente de água. Dessa forma, as gotas d’água ficam vazias! Resultado: a sensação é de estar tomando banho confortavelmente com um chuveiro de alta-pressão, mas gastando, apenas, metade da água!

chuveiro-600

Criada na Nova Zelândia pelas companhias Feltron e CSIRO, o aparelho converte a energia termodinâmica da água em energia cinética. Apesar desta ideia – usar um chuveiro aerado para economizar água – não ser nova (os primeiros protótipos de duchas aeradas, que surgiram em 2006, prometiam uma economia de 30% de água), a tecnologia por trás do dispositivo permite que ele funcione com chuveiros normais já instalados. Legal, né?

Assista ao vídeo e veja o Oxijet em ação:

Você conhece outros dispositivos ecofriendly que podem ser acoplados a aparelhos que já usamos em nossas casas? Comente!

Fotos: Umberto Rotundo/Creative Commons e Divulgação/Felton


0